Doria confirma custeio de mais de 150 leitos para atendimento à Covid-19 no Alto Tietê

Governador e secretário de Estado também anunciaram a abertura do Hospital das Clínicas de Suzano no primeiro semestre

Prefeitos do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê acompanharam agenda do governador João Doria e do secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, na região ontem (28). Na ocasião, as autoridades estaduais confirmaram o custeio parcial de 151 leitos de UTI e Enfermaria a serem implantados em unidades municipais de saúde para o enfrentamento à pandemia.
O anúncio foi feito durante evento de assinatura da ordem de serviço para obras de acessibilidade da estação Engenheiro Manoel Feio, da CPTM - Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, em Itaquaquecetuba.
O co-financiamento dos leitos municipais foi solicitado ao Estado na última quarta-feira (26/01) em reunião virtual do presidente do CONDEMAT e prefeito de Guarulhos, Guti, com o vice-governador Rodrigo Garcia e os secretários de Estado de Saúde, Jean Gorinchteyn; de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e da Casa Civil, Cauê Macris.
Com o repasse de cerca de R$3,3 milhões, o consórcio espera abrir pelos próximos 10 dias, 52 leitos de UTI e 99 leitos de Enfermaria que serão divididos entre os municípios de acordo com estudo de demanda e capacidade. Inicialmente os leitos serão alocados em Arujá, Biritiba Mirim, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e Suzano, que têm capacidade para abertura dos leitos nas unidades municipais.
O vice-presidente do CONDEMAT e prefeito de Salesópolis, Vanderlon Gomes, acompanhou os anúncios ao lado dos demais prefeitos. “Essa ampliação da capacidade hospitalar era um anseio muito grande de todos nós por conta da alta nos números da pandemia que estamos observando neste início de ano”, disse.
Além do custeio de leitos municipais, no início desta semana o Estado atendeu ao pedido do CONDEMAT de abertura de leitos em hospitais de gestão estadual. Serão abertos pelo menos 120 leitos nos hospitais Santa Marcelina (Itaquaquecetuba), Dr, Arnaldo Pezzuti (Mogi das Cruzes) e Luzia de Pinho Melo (Mogi das Cruzes).
“Tivemos uma reunião nesta semana para tratar da capacidade hospitalar do Alto Tietê para atendimento à Covid-19 e vamos atender ao pedido dos prefeitos com o financiamento dos leitos de gestão municipal que forem implantados pelos próximos 10 dias”, disse secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.
O secretário anunciou ainda que a abertura do Hospital das Clínicas de Suzano deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano, conforme pedido do CONDEMAT. “Estamos em fase de elaboração do chamamento público para contratação de profissionais e até o final do mês de junho o Hospital das Clínicas de Suzano terá seu funcionamento ampliado e prestará atendimento de portas abertas para toda a região”, disse.
A construção de alças de saída do Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21) em Itaquaquecetuba e Suzano também foram anunciadas. No caso de Suzano, o projeto técnico está em elaboração e, após sua conclusão, será iniciado o processo de licitação para contratação de empresa que irá executar as obras. “As alças previstas para o Rodoanel nos municípios de Itaquaquecetuba e Suzano serão executadas e vão beneficiar toda a região”, destacou o governador.
A implantação dos acessos é reivindicação antiga do CONDEMAT para impulsionar o desenvolvimento econômico e melhorar o acesso e a mobilidade no Alto Tietê.
Além do prefeito de Itaquaquecetuba, Eduardo Boigues, acompanharam o evento os prefeitos Luís Camargo (Arujá), Carlos Alberto Taino Júnior (Biritiba Mirim), Priscila Gambale (Ferraz de Vasconcelos), José Luiz Eroles Freire (Guararema), Márcia Bin (Poá), Carlos Chinchilla (Santa Isabel) e Rodrigo Ashiuchi (Suzano).

Reforma de estação
Mais de R$ 34,1 milhões serão investidos nas obras de reforma da Estação Engenheiro Manoel Feio. Com as intervenções, serão beneficiados 12 mil passageiros diários que utilizam a estação em Itaquaquecetuba, no leste da Grande São Paulo. As obras iniciam ainda neste mês e o prazo para conclusão é de 30 meses.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Apae de Arujá celebra 33 anos de história e serviços

6

Revitalizado, monumento do Padroeiro de Arujá recebe visitas

5

Rede de clínicas AmorSaúde chega a Arujá oferecendo consulta

6

Guia de Anunciantes