IBGE abre mais de 200 mil vagas para Censo 2022

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) vai contratar mais de 200 mil pessoas para trabalhar no Censo 2022. As inscrições para o processo seletivo estão abertas e seguem até 21 de janeiro. São 183.021 vagas de recenseador; 18.420 de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM), distribuídas em quase todos os municípios do Brasil.
Para recenseador é necessário ter o Nível Fundamental completo. A remuneração é calculada por horas trabalhadas e pode ser verificada por meio de simulador. A taxa de inscrição custa R$ 57,50.
No caso dos agentes censitários, é necessário possuir Ensino Médio e o salário chega a R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. A taxa de inscrição custa R$ 60,50. Para concorrer a quaisquer dos cargos, o candidato deve pagar a taxa até 16 de fevereiro.
De acordo com o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, a prorrogação é um processo normal e esperado em processos seletivos deste porte. “Há o acréscimo de ser um processo que foi aberto em um período de festas de final de ano, com a população viajando. Os alunos das universidades são um público que se interessa pelo trabalho de recenseador, e eles estão de férias neste momento. Além disso, muita gente está empregada com contratos temporários que expiram agora no final de dezembro, e vai começar a buscar novas oportunidades”.

Arujá
Em reunião realizada em 17/12 na Câmara Municipal, Thiago Carvalho Bayerlein, responsável pela Unidade de Itaquaquecetuba, detalhou como será o Censo 2022 em Arujá. A cidade terá um posto de coleta e 72 recenseadores. Serão aplicados dois questionários – um base e um completo. A coleta de dados terá como base o CEP de cada rua.
Os secretários de Desenvolvimento Econômico, José Carlos Santos, e de Finanças, Caio Araújo, o então presidente da Casa, Gabriel dos Santos (PSD), além de Flávia Carmo, gerente da Associação Comercial de Arujá, e de Givânia da Silva e Adão Vagner Ungino da Silva participaram da reunião.
Caio e José Carlos colocaram a Prefeitura à disposição do IBGE e ressaltaram a importância das informações para planejamento de políticas públicas.
A expectativa é que o Censo se inicie em junho/22.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Apae de Arujá celebra 33 anos de história e serviços

6

Revitalizado, monumento do Padroeiro de Arujá recebe visitas

5

Rede de clínicas AmorSaúde chega a Arujá oferecendo consulta

6

Guia de Anunciantes