Fase Vermelha: comércios não essenciais poderão trabalhar no final de semana somente com delivery e take away

Secretário de Segurança de Arujá fala sobre restrições, fiscalização e multa

Após uma reunião realizada na última quinta-feira (28) entre os membros do Comitê Covid, a Prefeitura publicou o decreto n° 7599 regulamentando as diretrizes determinadas pelo governo estadual, que colocou Arujá e outros municípios na Fase Vermelha nos dias de semana (das 20 horas às 6h) e durante todo o final de semana, até o dia 7 de fevereiro. Por conta disso, os serviços classificados como não essenciais apenas poderão atender por delivery, drive-thru ou sistema take away
O prefeito de Arujá, Luis Camargo, ressaltou que “é dever do Poder Público zelar pela saúde de todos os cidadãos de Arujá, garantindo o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços de maneira segura”.
Camargo lembrou que ontem (29), por exemplo, a taxa de ocupação dos leitos está em 100% novamente. “Em reunião com nosso secretário de Saúde, Márcio Knoller, foi apontado que, lamentavelmente, estamos com 100% de ocupação nos leitos de Covid, sendo os pacientes praticamente todos de Arujá. Em razão disso peço, encarecidamente, que evitem qualquer tipo de aglomeração na cidade, inclusive nesse final de semana”, apelou o prefeito.
No decreto municipal publicado ontem e que ficará disponível para leitura no portal da Prefeitura (no link http://prefeituradearuja.sp.gov.br/cti/atos/), a Prefeitura detalha que Arujá está na fase laranja, conforme a reclassificação do governo estadual, das 6h às 20h e, após esse horário e nos finais de semana está na Fase Vermelha, onde só é permitido nesse período o funcionamento de serviços essenciais e de entrega de comida via delivery, drive- thru ou sistema take away ou take out (em que o cliente pode pegar o produto e consumir fora do estabelecimento). Entretanto, vale lembrar que a Fase Vermelha proíbe o funcionamento especialmente de bares, adegas e locais que possam gerar qualquer acúmulo de pessoas, em qualquer horário em todo o final de semana e feriados.
Já durante a Fase Laranja (de segunda a sexta), bares, restaurantes, lanchonetes e comércios que vendem alimentos podem atender clientes para consumo em seu interior com capacidade permitida de até 40%.

Fiscalização
De acordo com o secretário municipal de Segurança, Washington Luis Beolchi Adami, a fiscalização será intensificada no que diz respeito ao combate às aglomerações, tanto em estabelecimentos comerciais e de prestadores de serviços, quanto nas ruas da área central e dos bairros. “A Guarda Civil Municipal (GCM) irá, a princípio, fazer a orientação. Se houver desobediência, poderá autuar a pessoa jurídica ou física, que for responsável pela aglomeração, em R$ 2.677,22, conforme valor estipulado em multa pela gestão anterior, em 2020. Na reincidência, o valor será em dobro e, caso persista, será aumentado em até quatro vezes”, alertou.
O secretário complementou que os comerciantes dos trailers da Avenida Amazonas  somente poderão realizar atendimento presencial durante a semana, até às 20 hs, e após esse horário e nos finais de semana, somente poderão trabalhar até às 22hs no sistema delivery ou take away, jamais permitindo o acúmulo de pessoas.
Quanto às feiras-livres, a orientação da Pasta é para que orientem os clientes a manterem o distanciamento social, evitar aglomeração e manter toda a profilaxia necessária, com uso de máscara, álcool gel, higienização constante das mãos e todos os cuidados recomendados. 
Em relação aos eventos, Adami completou que estão proibidos os eventos ou encontros de pessoas, mesmo que reuniões, inclusive em espaços abertos, que possam gerar qualquer tipo de aglomeração, sejam atividades musicais, esportivas coletivas, artísticas, culturais e outras. No entanto, é possível solicitar a análise, pela Prefeitura, de eventuais solicitações pontuais e específicas, que deverão ser apreciadas pelo Comitê Covid.
“É importante essa conscientização de todos, porque é um sacrifício que temos de fazer a fim de preservar a nossa saúde e também a das pessoas que amamos, visto que a ocupação nos leitos de UTI Covid estão aumentando”, complementou o secretário de Segurança.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Torneios de futebol serão retomados domingo

2

Catálogo digital traz ofertas especiais para o Dia das Mães

8

Liga Arujaense de Futebol retorna com amistosos

18

Guia de Anunciantes