Vacinação contra Covid-19 deve começar dia 20 em Arujá; 12 mil pessoas devem ser imunizadas na 1ª fase da campanha

Priorizando profissionais da saúde e idosos, Arujá deve iniciar a campanha de vacinação contra a Covid-19 no próximo dia 20 de janeiro. A informação foi passada pelo secretário de Saúde, Marcio Knoller, durante reunião realizada ontem (15), no prédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Segundo Knoller cerca de 24 mil doses serão necessárias para cobrir as 12 mil pessoas estimadas, entre profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos, uma vez que após a aplicação da primeira dose da vacina, uma segunda dose deverá ser aplicada após 21 dias. "Pelos nossos cálculos, temos 1.376 profissionais da saúde e 9.500 idosos de 60 anos em diante, que serão cobertos na primeira fase da imunização, junto às pessoas idosas que temos em asilos. Há ainda os profissionais da Assistência Social e os da Segurança, que receberão a mesma cobertura posteriormente, em outra etapa, mas, a princípio, necessitaremos de 12 mil doses para a primeira aplicação e mais 12 mil para a segunda dose nessas pessoas", estimou Knoller.
De acordo com ele, será necessário as pessoas assinarem um termo de consentimento de que aceitam tomar a vacina e, quem não tomar a primeira dose, não poderá ter a segunda aplicada. Demais grupos prioritários, bem como profissionais da Educação e a população, em geral, serão contemplados em outras etapas da campanha.
Em relação a insumos, o secretário municipal da Saúde afirmou que há 67 mil seringas e 42 mil agulhas já em estoque e que o prefeito Luis Camargo assinou recentemente, em cerimônia realizada pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), um termo de intenção de aquisição de vacinas para ampliar a cobertura para demais categorias como a Guarda Civil Municipal, policiais civis, militares e o pessoal da Educação. "Pelo plano do Governo Federal, tendo a vacina aprovada, vão fazer uma logística no dia 17, para buscarmos dia 19 as vacinas e começarmos dia 20.  Não sabemos ainda o quantitativo de vacinas que receberemos. Mas já estamos nos planejando. Não posso lotar as UBSs, porque não podemos aglomerar, então pensamos no sistema drive-thru inicialmente ou até no ginásio Habib Tannuri ou ginásio Mário Covas. Temos as equipes formadas para a aplicação e todos os municípios vão começar a vacinação no mesmo dia e reaplicar a dose 21 dias após. Para os profissionais de saúde faremos a vacinação interna", detalhou Knoller.
Arujá, ressaltou ele, tem os equipamentos necessários de refrigeração para as doses, mas precisará retirar a vacina, o que será feito com toda a segurança possível contra furtos ou roubos. "Mas já estamos com tudo pronto e se tivesse que começar amanhã, temos condições de fazer", garantiu.
Além de Knoller, participaram da reunião o secretário de Governo, Rogério Pereira, como vereadores, representantes de entidades sociais, do comércio e do Conselho Municipal de Saúde.

 

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Transformar Guararema em uma “smart city” é uma das metas

1

Com unidades de atendimento 24 horas, Plena Saúde cresce

6

Crimes ambientais e loteamentos irregulares

5

Guia de Anunciantes