Estado deve ativar mais 30 leitos de UTI no Alto Tietê

Leitos serão abertos neste mês para atendimento exclusivo aos casos de COVID-19

A Secretaria de Estado da Saúde começa a abrir nesta semana mais 30 leitos de UTI em três hospitais estaduais localizados em cidades diferentes do Alto Tietê para enfretamento à pandemia do novo coronavírus.

Para fortalecer a assistência de casos de COVID-19, serão abertos dez leitos em cada uma destas unidades: Hospital Luzia de Pinho Melo, Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos e Hospital Padre Bento, em Guarulhos. Todos já são referência para tratamento da doença na região.

Com a medida, a capacidade da Terapia Intensiva do Luzia será triplicada, passando para 30 leitos do tipo. No Ferraz, passará a ser de 26 leitos de UTI, e no Padre Bento Saltará para 28 leitos.

“Estamos em constante monitoramento para reforçar a rede hospitalar para enfrentar a pandemia. Diante do cenário epidemiológico da COVID-19 em todo o mundo, decidimos ampliar os leitos de Terapia Intensiva do Alto Tietê para continuar garantindo assistência a todos que precisarem”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Ontem (6), a taxa de ocupação na Grande São Paulo, que abrange o Alto Tietê, é de 65,2% de UTI e 51,6% em enfermaria.

Todas as ativações de leitos feitas pela Secretaria são fruto de análise técnica, monitoramento contínuo do cenário da COVID-19 e no planejamento da rede, visando salvar vidas e assegurar atendimento igualitário à população.

 

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Canil Municipal recebe doação de exames de sangue

0

Estado não informa quando enviará doses da vacina

3

Com municípios em estado de alerta, Condemat reforça pedido

0

Guia de Anunciantes