Sem atendimento no PA, mãe recorre aos bombeiros para socorrer filha

A vendedora Eva Cândido, moradora do Parque Rodrigo Barreto, viveu momentos de angustia com a filha de dois anos na noite da última segunda-feira (6) ao procurar atendimento no Pronto Atendimento (PA) da cidade. Segundo ela, ao chegar na unidade de saúde, não havia nenhum médico pediatra para atender a sua filha, que estava com um objeto de metal preso em um dos dedos.
“O dedinho dela começou a inçar e não conseguíamos tirar essa peça de metal”, conta a mãe.
Eva disse que chegou ao PA por volta das 22h30 e recebeu a informação de uma enfermeira que não teria como atender o caso, pois não tinha médico pediatra no momento, apenas clínico geral. “Daí perguntou se eu estava de carro para levá-la ao Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba ou que então a segunda opção era ir para ao Corpo de Bombeiro”, explicou Eva.
Desesperada, a mãe contou que correu procurar a sede do Corpo de Bombeiros de Arujá para tentar solucionar o problema. Após cerca uma hora e meia, homens dos bombeiros conseguiram tirar a peça da mão da garota. “Hoje ela já está bem. Ficaram algumas marquinhas no dedo, mas,nada de mais grave aconteceu”,  contou a mãe aliviada.

Prefeitura
Cobrada por esclarecimentos, a Prefeitura de Arujá informou que  a Secretaria de Saúde cobrou respostas da empresa Inovação, responsável pela unidade de atendimento e que segundo relatório emitido e assinado pelo diretor da unidade, Walter Guinger, na tarde da última quinta-feira (9), havia pediatra de plantão no local, tendo sido uma enfermeira quem orientou a procurar pelo Corpo de Bombeiros.
Diante deste relato, a Secretaria oficiou a gerência de enfermagem a pronunciar-se e tão logo obtenha retorno, informará para a reportagem.
A Prefeitura informou ainda que o processo de contratação da nova organização social que deverá administrar o Pronto Atendimento está em fase de recurso de habilitação.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

2ª Etapa do Circuito Mirim de Corrida foi realizada

3

Secretaria de Desenvolvimento Econômico homenageou mulheres

3

Polo Arujá da Universidade Anhembi Morumbi torna-se modelo

2

Guia de Anunciantes