Sistema Detecta poderá ser implantado em Arujá

Arujá poderá aderir ao Sistema Detecta, que integra as Polícias Civil e Militar à Guarda Municipal e permite o aprimoramento tecnológico do sistema de monitoramento por câmeras da Prefeitura. O assunto foi discutido ontem  (23), em São Paulo, em reunião dos prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) com o secretário de Estado da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.
“Este é um ponto importante. Infelizmente é impossível, para as cidades do Brasil, dispor de um policial em cada esquina. Com isso, um monitoramento eficiente, com a interligação de vários órgãos de segurança, vai de encontro ao anseio tanto de nós, gestores públicos, quanto da população, de ter uma vida mais segura e tranquila”, afirma o prefeito de Arujá, José Luiz Monteiro, presente no encontro.
Na prática, o Detecta integra informações e realiza, com celeridade, a correlação delas para auxiliar a tomada de decisões das polícias militar, civil e científica. Pode ser compatibilizado com equipamentos leitores automáticos de placas, capazes de registrar a passagem de um veículo por uma via ou local; imagens  de videomonitoramento, como as da central de atendimento da Guarda Municipal, além de sensores que podem identificar situação de risco e gerar alertas.
A implantação do sistema no município depende da assinatura de convênio entre a Prefeitura e a Secretaria de Segurança Pública, elaboração de plano de trabalho, especificações técnicas sobre o envio de informações e alertas.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

2ª Etapa do Circuito Mirim de Corrida foi realizada

3

Secretaria de Desenvolvimento Econômico homenageou mulheres

3

Polo Arujá da Universidade Anhembi Morumbi torna-se modelo

2

Guia de Anunciantes