Projeto que prevê novas regras para o pagamento do pró-labore aos policiais deverá ser encaminhado para Câmara

A Prefeitura de Arujá deverá encaminhar na próxima semana para a apreciação dos vereadores, o Projeto de Lei que prevê novas regras para o pagamento do pró-labore aos policias militares que atuam no município. Atualmente está em vigor a Lei 1864/06, que prevê o pagamento de cerca de R$ 200 a cada policial, sendo que desde 2008, 10 anos, não há reajuste na gratificação.
Em novembro do ano passado, o presidente da Casa de Lei, vereador Abel Franco Larini (PR), o Abelzinho, apresentou a Indicação de um anteprojeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a celebrar com o Estado de São Paulo e a Secretaria de Segurança Pública para a revisão do valor repassado aos policias, sendo que este passe por revisão anual para que não fique defasado.
“Hoje os policiais militares recebem a gratificação de R$ 200, o mesmo valor pago na criação da lei. é muito aquém do esperado, tendo em vista as importantes atividades desenvolvidas pelos nossos policiais militares”, salientou Abelzinho, ressaltando que espera contar com ao apoio dos demais vereadores para dar celeridade à aprovação do projeto, assim que recebê-lo.
Para o comandante da 3ª Cia da Polícia Militar de Arujá, capitão Rodrigo Fernandes, o reajuste na gratificação dos policias que atuam na Companhia é aguardada há anos. “Esperamos que de fato esse projeto seja aprovado o quando antes. é um reconhecimento justo aos policiais militares de Arujá e tão aguardado há muito tempo”, ressaltou Fernandes.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

2ª Etapa do Circuito Mirim de Corrida foi realizada

3

Secretaria de Desenvolvimento Econômico homenageou mulheres

3

Polo Arujá da Universidade Anhembi Morumbi torna-se modelo

2

Guia de Anunciantes