Pré-projeto do hospital de Arujá é entregue ao ministro da Saúde e pode começar a sair do papel até final de abril

Uma reivindicação antiga da população arujaense poderá começar a ser atendida ainda em 2018. Em audiência ocorrida ontem (27), com o ministro da Saúde Ricardo Barros, o prefeito de Arujá, doutor José Luiz Monteiro (PMDB), ao lado do secretário de Saúde, o médico Messias Covre, entregou o pré-projeto da obra do hospital geral no município. O encontro, intermediado pelo deputado federal Roberto de Lucena (PV), ocorreu em Brasília. O filho do parlamentar, Renan Lucena, também acompanhou a audiência.

Segundo o deputado, o ministro mostrou-se muito sensibilizado com a causa de Arujá, uma vez que o município possui quase 100 mil habitantes, é cortado por uma das principais rodovias do País, a Presidente Dutra, margeia a Ayrton Senna e está próximo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos e, mesmo assim, não conta com um hospital geral.

“Foi um grande avanço, porque o hospital já está no radar do Governo Federal, estando na lista dos possíveis empenhos. Vou trabalhar muito forte para que nós consigamos que este empenho seja feito até o final do mês de abril”, acrescentou Lucena salientando que a causa do hospital é uma antiga reivindicação popular levada ao seu gabinete pelo prefeito e sua equipe, sendo que desde junho do ano passado está tratando e negociando com o governo para sensibilizá-los e assim conseguir, efetivamente, que o projeto ande.

“O hospital de Arujá não atenderá apenas ao município, mas também a região. A localização estratégica permitirá, inclusive, que seja uma base de apoio muito importante para o caso de algum acidente de grande porte que possa acontecer em função da cidade estar próxima a Dutra, Ayrton Senna dentre outros pontos de grande circulação”, concluiu o deputado.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Secretaria de Desenvolvimento Econômico homenageou mulheres

3

Polo Arujá da Universidade Anhembi Morumbi torna-se modelo

2

Igreja Adventista do Sétimo Dia de Arujá entrega templo

4

Guia de Anunciantes