Arujá registra segundo caso de febre amarela; moradora teria contraído doença em Minas

A Secretaria de Saúde de Arujá confirmou ontem (21) o segundo caso de febre amarela na cidade. A moradora, de acordo com nota enviada pela prefeitura, contraiu a doença logo após visitar um município em Minas Gerais.

Segundo informou a Assessoria de Imprensa, a mulher, que reside em um condomínio da cidade, já está sendo tratada e Secretaria de Saúde vem realizando atividades de bloqueio e nebulização no local de acordo com as regras e protocolos de Vigilância.

No primeiro caso confirmado em Arujá, o paciente, de 60 anos, morreu no dia 24 de janeiro. Ele era morador do Jardim Josely, que faleceu em decorrência de febre amarela, no Hospital das Clínicas, em São Paulo, em 24 de janeiro. O homem, segundo a Prefeitura, tinha o hábito de pescar em águas de lagos de municípios do Alto Tietê, inclusive no período noturno.

 

Laudo

Além destes dois casos da doença, a Prefeitura informou que há duas notificações positivas para dengue, das quais a Secretaria aguarda resultados de análise para febre amarela. 

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

2ª Etapa do Circuito Mirim de Corrida foi realizada

3

Secretaria de Desenvolvimento Econômico homenageou mulheres

3

Polo Arujá da Universidade Anhembi Morumbi torna-se modelo

2

Guia de Anunciantes