Anistia da construção civil termina em março

Arquitetos, engenheiros e proprietários de imóveis construídos irregularmente em Arujá têm até o dia 12 de março, impreterivelmente  para ingressar com o pedido de legalização por meio do programa de anisitia. O alerta é da Secretaria Municipal de Planejamento.
Para usufruir dos benefícios é necessário observar os critérios estabelecidos pela Lei Complementar 27/2016 e pelo Decreto 6.633/2016. A necessidade de o imóvel apresentar boas condições de estrutura, vedação, cobertura, de instalações elétricas e hidráulicas são algumas das obrigatoriedades. Os dois documentos podem ser consultados no site da Prefeitura, no campo “Atos Municipais”.

Como devo fazer?
O primeiro passo é o contribuinte procurar um profissional de engenharia ou arquitetura que ficará responsável por entrar com o pedido de regularização no sistema informatizado municipal ‘Projetos Web’.
Após protocolados os documentos exigidos, o processo de regularização é analisado e, estando de acordo, tem o lançamento do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) referente à construção civil, que pode ser parcelado em até 12 meses, encerrando a entrega física da documentação necessária na Secretaria de Planejamento.
A certidão de regularização é emitida somente depois de o ISS ser quitado, conforme prevê o parágrafo 2º do artigo 3º da Lei Complementar 27/2016.

Projetos WEB
A ferramenta Projetos WEB pode ser acessada pelo site da Prefeitura, no link http://migre.me/ue2kF.
Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 4655-3782.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

2ª Etapa do Circuito Mirim de Corrida foi realizada

3

Secretaria de Desenvolvimento Econômico homenageou mulheres

3

Polo Arujá da Universidade Anhembi Morumbi torna-se modelo

2

Guia de Anunciantes