Duplicação da SP-56 terá investimentos de R$ 248,6 milhões e deverá começar em 2021

O governador em exercício de São Paulo Rodrigo Garcia anunciou, ontem (30), em Itaquaquecetuba, a publicação do edital para contratação das obras de duplicação da Rodovia Alberto Hinoto (SP-56), entre Arujá e Itaquaquecetuba. O investimento para os serviços será de R$ 248,6 milhões – o órgão financiador é o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).
“Obras como essa trazem mais segurança, conforto e qualidade de vida para as pessoas que usam a estrada pela economia de tempo. é mais tempo para a família, mais tempo para o desenvolvimento dos negócios”, afirmou o governador em exercício ao lançar o edital e anunciar que o lote 3 desta rodovia será licitado em dezembro.
A Rodovia Alberto Hinoto (SP-56), entre Arujá e Itaquaquecetuba, vai receber em breve as obras de melhorias. O projeto prevê a recuperação da pista, dos acostamentos e a duplicação em dois lotes. O primeiro, do km 30,7 ao 34,7, com estimativa de orçamento de R$ 128,4 milhões e o segundo, entre os kms 34,7 e 40,1, com orçamento previsto de R$ 120,1 milhões.
Presentes ao evento, os deputados, Marcio Alvino (PL) – federal e André do Prado (PL) – estadual, comemoraram o lançamento do edital. Vale ressaltar que, desde o ano passado, eles trabalham na concretização deste investimento no Alto Tietê. Para sensibilizar o Governo do Estado, eles organizaram um abaixo-assinado que coletou pouco mais de 20 mil assinaturas de moradores de Arujá e Itaquaquecetuba reivindicando essa obra. O manifesto foi entregue pelos parlamentares ao vice-governador, Rodrigo Garcia, no início do ano.
A SP-56 é um dos corredores mais importantes do Alto Tietê. Por dia, a estrada registra uma média de fluxo diária de 30 mil veículos. A expectativa é de que a modernização da estrada beneficie, aproximadamente, 450 mil pessoas.
A duplicação da rodovia é um pedido antigo da população, porque em vários momentos do dia, a estrada registra congestionamento e lentidão, demorando o tempo de viagem e a mobilidade da população. Com esse investimento, os motoristas que trafegam pela SP-56 terão acesso mais rápido a Ayrton Senna (SP-70), a Mogi-Dutra (SP-88) e a Presidente Dutra (BR-116).
Para o deputado André do Prado, a publicação do edital é uma conquista para a população da região. “Batalhamos muito, eu e o deputado federal Marcio Alvino, para sensibilizar o Governo do Estado a fazer esse investimento, que permitirá mais agilidade no deslocamento entre as cidades, inclusive, para as pessoas que utilizam o transporte coletivo, porque o projeto prevê a construção de corredores exclusivos, que diminuirá o tempo de viagem e acesso mais rápido a linha 12-Safira da CPTM e a outros importantes serviços, como o Hospital Santa Marcelina, referência em várias especialidades na região”, comentou o parlamentar.
O início das obras está previsto para os primeiros meses de 2021, com prazo de 24 meses de duração.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Possível instalação de pedágio na Mogi-Dutra

1

Imunização de idosos acima de 68 anos terá início sábado

0

Lucena participa da inauguração da DDM em Arujá

4

Guia de Anunciantes