03/07/2017

Totem para recarregar celular é vandalizado no Coreto

Pessoas sem educação para viver em sociedade trazem prejuízos para si e para toda coletividade. Fatos neste sentido ocorrem todos os dias na maioria dos países, entre eles no Brasil, em grande parte de seus municípios, incluindo Arujá, onde esta semana um totem para recarregar celulares com energia solar consignado ao município pela empresa Projeto Sol e instalado na Praça Benedito Ferreira Franco (Coreto) foi vandalizado. O equipamento foi implantando praticamente como um presente para os arujaenses, em virtude das comemorações ao aniversário de Arujá.
O dano ao objeto foi verificado na manhã de quarta-feira, 28, pelo engenheiro eletricista da empresa, Luciano Messias. Ele fez os reparos necessários com o diretor Andrea Bonini, mas em virtude do alto custo, teve de diminuir a quantidade de aparelhos passíveis de serem recarregados no equipamento.
“Havia 12 entradas para todos os tipos de celular, mas agora restaram somente quatro. Tivemos de trocar os cabos porque além cortá-los, houve tentativa de arrancá-los. Infelizmente não é um produto barato e caso isso ocorra novamente, talvez seja necessário removê-lo”, explicou.
Por uma questão de segurança, o totem foi substituído de local para ficar visível ao sistema de monitoramento por câmeras da Prefeitura. O secretário adjunto de Meio Ambiente, Leonardo Godoy, que articulou a parceria com a empresa, pediu que os cidadãos ajudem a cuidar do equipamento.
“É lamentável ocorrer isso com algo que está aí para quem quiser usar, a qualquer hora do dia. Poucas cidades oferecem um totem como este, que não custou nada à Prefeitura e nem custará, uma vez que não usa energia elétrica”, afirmou.
Para tentar evitar novos danos, os cabos do equipamento foram reforçados.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes