21/11/2016

Roubo de veículos sobe 54% em Arujá, diz SSP

Em 2015, entre janeiro e setembro, foram 87 casos e, em 2016, 134. Crimes, como furto em geral e roubo de carga também tiveram alta

De acordo com os últimos dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo, os casos de roubo de veículos cresceram 54% em Arujá nos primeiros nove meses de 2016 em relação ao mesmo período de 2015.
No ano passado foram 87 casos e, em 2016, o número de ocorrências subiu para 134. Mesmo a Polícia Militar (PM) realizando algumas prisões, o medo e a sensação de insegurança da população continuam.
Os casos de roubo outros também aumentaram em cerca de 36 % nos nove primeiros meses, saindo de 306 em 2015, para 416 neste ano. Já o furto específico de veículos teve queda de 2%, de janeiro a setembro de 2016, sendo 148 em 2015 e 145 registros neste ano.
Outro indicador que teve alta segundo a SSP foi o de roubo de carga. Foram registrados 22 casos em 2015, contra 34 no período de janeiro a setembro, um aumento de 54%.
Redução
Ainda de acordo com a Secretaria de Segurança Pública, casos de homicídio doloso e estupro tivera redução de 37,5% e 25%.
Em 2015 foram registradas 16 ocorrências de homicídio doloso, contra 10 em 2016 de janeiro a setembro. Já os números de estupro foram 32 casos no ano passado, caindo para 24 em 2016.

PM de Arujá destaca policiamento preventivo
Buscando aumentar a sensação de segurança e diminuir os índices criminais, a Polícia Militar (PM) de Arujá disse que vem desenvolvendo um policiamento preventivo diuturnamente.
Segundo o comandante interino da 3ª Cia, 1º tenente Martins Marques, no mês passado o município foi contemplado com o Dejem (Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar), um programa de policiamento onde os PMs que estão em horário de folga reforçam o patrulhamento, além das equipes tradicionais escaladas no dia a dia. “Isso trará, sem sombra de dúvidas, a prevenção e repressão de muitas atividades delituosas”, disse o comandante interino.
Outro reforço destacado pelo tenente foi a operação Cavalo de Aço. Segundo ele, periodicamente Arujá recebe reforço no policiamento com equipes vindas de Guarulhos, as quais realizam fiscalizações e bloqueios viários em locais de incidência de roubos de veículos.
“O policiamento é direcionado aos bairros e logradouros onde a incidência criminal é apontada através dos dados apurados nos boletins de ocorrência (BO). Desta forma, lembramos a importância dos registros dos crimes”, ressaltou.
De acordo com Martins Marques, nos primeiros nove meses de 2016 a Polícia Militar de Arujá realizou 148 flagrantes de crimes; 140 prisões de pessoas em flagrante; 60 menores infratores foram apreendidos; 10 armas foram apreendidas; 34 procurados foram capturados e 140 veículos recuperados.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes