20/09/2016

Desenvolvimento econômico: Parcerias e desburocratização estão entre as propostas dos candidatos a prefeito de Arujá

Na quarta edição da série de reportagens especiais sobre as eleições 2016, os candidatos a prefeito de Arujá falam sobre suas propostas para a área de desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda. Parcerias e criação de programas de desburocratização são algumas das ideias apresentadas pelos candidatos Genésio Severino da Silva (SD), Gilberto Daniel (DEM), o Gil do Gás, José Luiz Monteiro (PMDB), o Zé Luiz, Luis Camargo (PSD), Wilson Ferreira (PSB), o doutor Wilson.
 

 

 


 


Genésio Severino 
A desburocratização da máquina administrativa, visando estimular e facilitar a vinda de novas empresas e empreendimentos para Arujá, com foco em novas vagas de empregos, é uma das metas do candidato Genésio da Silva para o setor de desenvolvimento econômico de Arujá.
Em seu plano de governo, também constam: concessão de benefícios e incentivos fiscais para as empresas que desejarem se instalar em Arujá e para as existentes que pretendam ampliar seus parques industriais. Reativar e recriar as frentes de trabalho, contratação de cursos profissionalizantes para que os cidadãos tenham a oportunidade de competir no mercado de trabalho e, viabilização de parcerias com as próprias empresas para essa formação profissional, com prioridade para os arujaenses. Concessão de bolsas de estudos para a profissionalização do arujaense; incentivar a formação e o funcionamento de cooperativas de trabalho; rever e buscar convênios com o PAT e SENAC; incentivar a agricultura e o segmento de recicláveis, entre outros planos do candidato dentro do setor econômico.
 

 

 


 


Gilberto Daniel
Estamos trabalhando pela transformação e o desenvolvimento econômico do município com foco no estímulo às micro e pequenas empresas, verdadeiras potências que impulsionam a nossa economia e que são responsáveis pela geração expressiva de empregos. 
O plano tem ações estratégicas, com prazos definidos de execução, para que Arujá aumente a sua capacidade de captar recursos, gerar empregos e melhorar a distribuição de renda. 1 - turismo e suas ramificações; 2 - indústria (tecnologia da informação e comunicação, confecção, bijuterias, movelaria e bebidas); 3- serviços (call center, profissionais liberais, pet shop, construção civil e salões de beleza); 4 - comércio (gastronomia, empresas constituídas, feirinha popular, Espaço Mulher e Mercado Popular); 5 - agricultura (orgânicos, agricultura familiar e agroindústria).
Estamos finalizando os últimos acertos, acrescentando ações estratégicas nos setores de artesanato e serviços. Prefeitura, SEBRAE/SP e os empresários da cidade trabalham unidos neste planejamento.
 

 

 


 


José Luiz Monteiro
O desenvolvimento econômico rege e sustenta praticamente todas as áreas, pois somente com condições financeiras podemos aperfeiçoar os projetos em todos os departamentos. Eu pretendo realizar: “Programa Licença Fácil” - incentivar empresas que verdadeiramente geram empregos aqui para a cidade; “Programa de Incentivo Fiscal”- atrair e/ou expandir empresas dentro do perfil econômico e das vantagens competitivas do município;  “Programa de Capacitação do Trabalhador” -  apoiar o comércio, serviço e a indústria oferecendo qualidade da mão de obra, com parcerias do Senai e Etec;  Modernização do Espaço do Empreendedor - suporte à formação de empreendedores, aos empresários locais e à atração de novos investidores;  Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico - integrar o Poder Público, empresas, associações e a comunidade; Novas políticas para empresas dentro de Áreas de Proteção aos Mananciais - APM  - desenvolvimento  do potencial agroecoturístico;  Semana da “Feira do Empreendedor” -  criar calendário anual para disponibilizar apresentações criativas e inovadoras.
 

 

 


 


Luis Camargo
Temos de aumentar a quantidade de empregos em Arujá. Não tem cabimento a população sair daqui diariamente para procurar trabalho em outras cidades. Temos de criar um plano de incentivo para trazer novas empresas, tendo como contrapartida que elas contratem pessoas da cidade. Isto é perfeitamente possível, municípios vizinhos como Mogi das Cruzes, por exemplo, adotaram esta estratégia.
Arujá não tem uma política de desenvolvimento que favoreça as atividades da indústria, do comércio e da prestação de serviços. Se estes setores não avançam, ocorre a redução da economia e, consequentemente, menos empregos e menos arrecadação para o município.
É evidente que falta incentivo do poder público para a atividade econômica, sendo frequente as reclamações de empreendedores que se deparam com excessiva burocracia para iniciar seu negócio.
Por isso, assumimos o compromisso com o Sebrae de implantar efetivamente o programa Via Rápida, possibilitando a abertura de empresas em até 48 horas.
Outro ponto importante é auxiliar os jovens na busca do primeiro emprego. Temos como proposta o programa Caminho do Emprego, para dar assistência aos adolescentes junto ao mercado de trabalho local. 

 

 

 


 

Wilson Ferreira 
Com relação a nossa conjuntura política, se sobressai, é o cenário econômico brasileiro das grandes metrópoles que reflete nas pequenas cidades como Arujá e região, que por seu território, não concentra espaço suficiente para empresas se acomodarem, ou simplesmente não são sondadas e investidas para que venham para nossa cidade.
A respeito do que faremos em nosso governo para inflar a geração de emprego e aquecer nosso caixa, é sondar as empresas interessadas a se instalarem em Arujá, além de criar a frente emergencial de trabalho jovem. A instalação de novas empresas na cidade; concessão de benefícios e incentivos para as empresas; ofertar cursos profissionalizantes para que o munícipe tenha chances de disputar a vaga no mercado; bolsas de estudos para profissionalização do jovem (16 a 23 anos); estimular cooperativas de trabalho; inflar convênios com o PAT e outras situações que beneficiem nossa gente. Com um plano de desenvolvimento econômico, social e empregatício que seja para nosso público e nossa geração de jovens arujaenses, tenho a certeza de que conseguiremos juntos, fazer a diferença e por um Arujá mais para frente.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes