22/06/2016

Campeonato de Drift Trike recebeu competidores de diversos Estados

Velocidade, manobras radicais, adrenalina e superação resumem a 3ª Etapa do Campeonato Paulista de Drift Trike, disputado na Estrada da Tupã, localizada no bairro Retiro, em Arujá. Com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, a competição contou com vários competidores nas categorias Juvenil, Máster, Feminino e Pró, representantes de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina.
Além de sediar o evento, Arujá teve sua bandeira representada pelos atletas do grupo Maloka Trike, existente desde 2013 na cidade. Sidnei Prado, um dos fundadores do Maloka, conta que o grupo tem participado de torneios regionais e nacionais. 
Praticando Drift Trike há três anos, Sidnei revela o que mais chamou sua atenção no esporte: “Uma das coisas mais legais e divertidas é descer a ladeira em alta velocidade e sentir adrenalina”, disse (risos). “E também vencer meus limites e recordes”, concluiu.
O jovem atleta Murilo Assunção, de apenas 6 anos de idade, demonstra que o Drift Trike pode proporcionar muito mais que adrenalina e diversão. Com grau leve de autismo, Murilo tem superado a cada dia suas dificuldades físicas e mentais praticando o esporte.
“Nós descobrimos [o autismo] quando ele tinha três anos. Até a um tempo atrás, ele mal conseguia falar. Desde que começamos a inseri-lo no Trike ele vem apresentando muita evolução. O esporte o ajudou a ter contato com outras pessoas, aumentou a sua capacidade de concentração. Hoje ele faz tudo sozinho, está desenvolvendo muitas habilidades”, afirmou o pai de Murilo, Jamil Assunção, 34, um dos competidores do campeonato.
Criado na Nova Zelândia em meados da década passada, o Drift Trike assemelha-se à brincadeira de carrinho de rolimã, conhecida por muitos brasileiros. Os veículos são montados com rodas de Kart e frente de bicicleta. Dependendo da descida, podem chegar à velocidade de 80 quilômetros por hora.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes