COVID-19: Prefeitura adita contrato por mais quatro meses com OS que gere Saúde; período deverá custar quase R$ 4 milhões

Após quase 44 dias sem publicar no Portal da Transparência nenhuma nova compra direta no se refere aos gastos com a Covid-19, na última quarta-feira (14) a Prefeitura de Arujá informou o aditamento com o Instituto Tecnologia e Desenvolvimento da Medicina (ITDM), Organização Social que gere os dois Prontos Atendimentos (PAs), o central e o do Parque Rodrigo Barreto e a Maternidade, Dalila Ferreira Barbosa. Segundo documento publicado, o aditamento se refera a atendimento da manutenção de 5 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 5 leitos de retaguarda, manutenção e funcionamento 24 horas do Pronto Atendimento do Barreto, manutenção de leitos COVID e dos serviços do PA Central, por mais 4 meses, sendo o valor de R$ 926.675,22 mensais, perfazendo um total de R$ 3.706.700,88.
De acordo com o Portal da Transparência da Prefeitura de Arujá (www.prefeituradearuja.sp.gov.br/transparencia/covid19/relatorio_despesas_diretas.php), ao todo em aditamentos de contratos por conta da Covid-19, a Organização Social deverá receber mais de R$ 14 milhões.
Além dos aditamentos, desde janeiro deste ano, a ITDM tem um contrato de gestão por 12 meses dos PAs e Maternidade, que foi firmado com valor de R$ 29.167.863,00 (anual). 

 

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Arujá ganha pontos de entrega voluntária para coleta

1

PM descobre estufa de maconha com mais de 20m²

3

Ana Poli é a candidata à prefeita pela coligação Somos Todos

5

Guia de Anunciantes