Alto Tietê receberá R$ 339 milhões em ajuda para o enfrentamento ao Coronavírus

Foi votado na última quarta-feira (6) na Câmara Federal, o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020) que prestará auxílio financeiro a Estados e Municípios. O mesmo PL já havia sido aprovado no Senado para prestar auxílio financeiro de R$ 125 bilhões, visando repor parte da receita perdida pelos Estados e Municípios durante a pandemia da Covid-19.
Após a medida ser sancionada pelo presidente o pagamento será feito, segundo o texto, em quatro parcelas mensais e iguais, no Exercício de 2020. A expectativa é que os municípios recebam a primeira parcela ainda na segunda semana de maio. Para o Alto Tietê serão repassados mais de R$ 339 milhões. Os valores destinados para cada município estão no levantamento estimado publicado pelo Senado Federal.
Para o deputado federal Roberto de Lucena (PODE/SP) “esses recursos irão salvar vidas e manter os serviços públicos funcionando e atendendo a população em nossas cidades”. 
Lucena entende que essa aprovação seja uma vitória. “Estamos atravessando uma crise que ainda não tínhamos vivido e a aprovação dessa ajuda é uma vitória, não de prefeitos e governadores, mas da população. Essa ajuda vai permitir, durante quatro meses, equilíbrio financeiro a Estados e Municípios”, explica o parlamentar.
Já o deputado Marcio Alvino (PR/SP) em sua rede social destacou: “Juntos combateremos o coronavírus, seguimos trabalhando para que medidas como esta entrem em vigor o mais rápido possível”.
O recurso no Alto Tietê será distribuído da seguinte forma: Guarulhos: R$ 154 milhões; Mogi das Cruzes, R$ 49 milhões; Itaquaquecetuba, R$ 41 milhões; Suzano, R$ 33 milhões; Ferraz de Vasconcelos, R$ 21,7 milhões; Poá, 13,1 milhões; Arujá, R$ 10 milhões, Santa Isabel, R$ 6,4 milhões; Biritiba Mirim, 3,6 milhões; Guararema, R$ 3,3 milhões e Salesópolis, R$ 1,9 milhão.

 

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Arujá Melhor: coligação do PSD já conta com apoio

1

Acusado de chefiar quadrilha mantinha mini fazenda

7

Dia do padroeiro Bom Jesus é celebrado com missas

3

Guia de Anunciantes