Roberto de Lucena pede que idosos que vivem em asilos sejam testados para Covid-19

Preocupado com notícias sobre mortes e contaminação por Covid-19 de idosos moradores de Instituições de Longa Permanência (ILPI), popularmente conhecidas como asilos, o deputado federal Roberto de Lucena (PODE/SP) enviou indicações ao então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e à ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, solicitando providências para que todos os idosos residentes em asilos sejam imediatamente testados para o Covid-19, independentemente de estarem apresentando sintomas ou não. Cerca de 90 mil idosos vivem em Instituições de Longa Permanência, públicas ou particulares, em todo o Brasil.
O parlamentar é um dos grandes defensores dos idosos no Congresso. Ele foi o primeiro presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados e também um dos responsáveis pela criação da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, em 2017.
“A pandemia do coronavírus acendeu um alerta para que o poder público e a sociedade cuidem, ainda mais, daqueles que sempre precisaram de nossa total atenção e cuidado. Os idosos fazem parte do público mais afetado pela Covid-19, e aqueles que vivem longe da família, em Instituições de Longa Permanência, estão em situação de grande vulnerabilidade”, explica o parlamentar.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Deputados prestigiam inauguração do comitê político

1

Arujá ganha pontos de entrega voluntária para coleta

1

PM descobre estufa de maconha com mais de 20m²

3

Guia de Anunciantes