Legislativo propõe que dinheiro de Festa das Nações seja usado no programa Renda Mínima Arujaense

Preocupados com os efeitos econômicos da crise causada pelo novo coronavírus, os vereadores propuseram em reunião com o prefeito José Luiz Monteiro (MDB), na manhã da última quinta-feira (2/4), o remanejamento de recursos da Festa das Nações, carro-chefe das festividades municipais, para o programa arujaense Renda Mínima, coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social.
A proposta debatida e apoiada por todos os parlamentares visa ampliar a cobertura do programa de assistência às famílias em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, de acordo com informações do portal eletrônico da Prefeitura de Arujá, cerca de 750 famílias são assistidas pelo programa.
Idealizador da propositura, o vereador Renato Bispo Caroba (PT) já havia anunciado na sessão de 30/03 que sugeriria a medida ao chefe do Executivo. Após a reunião, o parlamentar fez um balanço positivo do encontro. Segundo ele, o prefeito elogiou a proposta e acionou o secretário de Finanças, Caio César de Araújo, que imediatamente confirmou a viabilidade do remanejamento.
O encontro ainda teve outras propostas de vereadores ao Executivo, como a montagem de cestas básicas e distribuição a famílias carentes com os alimentos não consumidos da merenda escolar, levando em conta a suspensão das aulas na rede pública de ensino. A proposta será analisada.
De acordo com o presidente da Câmara de Arujá, Gabriel dos Santos (PSD), o prefeito se tem se mostrado receptivo às propostas dos parlamentares. Segundo ele, todos os vereadores – sem exceções – têm atuado com comprometimento nesta crise. “Esse é um momento que requer união, trabalho conjunto independentemente de ideologia ou interesses políticos. Unidos por ações coordenadas entre os poderes superaremos essa crise da forma menos traumática possível”, defendeu o líder legislativo.
Mesmo em meio à pandemia, os vereadores têm se reunido quase diariamente para discutir ações de enfrentamento à crise e seus reflexos sanitários e econômicos.

Centro de Triagem
Outra proposta apresentada pelo Legislativo foi a criação de um Centro de Triagem dos casos de infectados pelo Covid-19. A medida foi acatada pelo Executivo. O funcionamento do equipamento terá início a partir do dia 7/4. Na quarta-feira (1/4), o prefeito divulgou um vídeo no qual anuncia a implementação do Centro de Triagem na região central, onde está localizado o prédio da Clínica Mais Vida, cedido ao município pelo proprietário.
Além da implantação do Centro de Triagem, o governo municipal ainda anunciou a ampliação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e o funcionamento 24h do PAM do Barreto, e disse estudar outras medidas em conjunto com a Câmara Municipal.
Ainda participaram da reunião os vereadores Sebastião Vieira de Lira (DC), o Paraíba Car, Reynaldo Gregório Junior (PTB), o Reynaldinho, Ana Cristina Poli (PL), Júlio Taikan Yokoyama (PSDB), o Júlio do Kaikan, Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, Paulo Henrique Maiolino (PSB), o Paulinho Maiolino, Edval Barbosa Paz (PSDB), o Professor Edval e Cristiane Araújo Pedro (PSD), a Professora Cris do Barreto.
Além do prefeito, participaram do encontro os secretários municipais de Planejamento, Juvenal Penteado – que passou a presidir o Comitê Administrativo Extraordinário Covid-19 – e Caio César de Araújo, de Finanças.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Deputados prestigiam inauguração do comitê político

1

Arujá ganha pontos de entrega voluntária para coleta

1

PM descobre estufa de maconha com mais de 20m²

3

Guia de Anunciantes