Duplicação da Mogi-Dutra: após novo prazo para conclusão da obra, DER afirma que trabalhos estão em pleno andamento

Novembro. Este é o novo prazo estipulado pelo Departamento de Estrada e Rodagens (DER) para entregar a obra de Duplicação da Mogi-Dutra (SP 088). O prazo inicial seria janeiro deste ano. O órgão informou ainda que as obras seguem em pleno andamento.
A duplicação deste trecho da rodovia é aguardada desde 2005, quando a primeira parte foi entregue. A promessa de que a obra seria duplicada foi feita em 2010, mas o primeiro anúncio ocorreu em abril de 2014 e, na época, o investimento seria de R$ 149 milhões. A licitação chegou a ser aberta com previsão de início dos trabalhos em junho do mesmo ano, o que não aconteceu. Em novembro de 2015, o edital foi revogado pelo Estado para a atualização de valores. O processo foi retomado apenas em 2017.
Segundo o DER, o prazo previsto de conclusão sofreu alterações em decorrência dos processos de desapropriação, que tramitavam na Justiça, além da necessidade de remoção de interferências (rede elétrica, linhas de tubos de gás, água e esgoto). Mesmo com o atraso, a obra não sofrerá aditamento no valor do contrato.
O investimento é de R$ 121,9 milhões e a empresa responsável pelos serviços é o Consórcio Construcap/Copasa. As obras na SP-088 trarão melhorias aos usuários em seus deslocamentos diários e melhor segurança viária.

Empreendimento
As obras de modernização da SP 088 são realizadas no entroncamento com a Rodovia Alberto Hinoto (SP-056), próximo à Via Dutra (BR-116). A duplicação será realizada com a implantação de barreiras de concreto, fato que viabilizará a segregação das pistas. O projeto executivo prevê ainda a construção de viadutos para acesso e retorno, implantação de quatro passarelas, retificação da geometria de uma curva acentuada no Km 36 e a revitalização completa da sinalização.
A obra promoverá a duplicação do trecho remanescente da SP-088 com pista simples entre a Rodovia Ayrton Senna (SP-070) e a Via Dutra (BR116). Com a conclusão dos serviços, todo o trecho inicial da rodovia até Mogi das Cruzes, aproximadamente 17,5 quilômetros, terá maior capacidade de tráfego.

COLUNISTAS

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

FOTOS

Sanitização de ambientes, uma arma contra o coronavírus

2

Túnel de desinfecção produzido em Arujá recebe laudo

1

Lions Clube doa 3 mil máscaras para população arujaense

1

Guia de Anunciantes