14/01/2020

Arujá: Guarda Municipal recebe pistolas automáticas e espingardas calibre 12

No dia 13 de janeiro de 2020, na  sede da Guarda Municipal, o prefeito de Arujá, Dr. José Luiz Monteiro, juntamente com o secretário municipal de segurança, Dr. Carlos Roberto Vissechi, mostraram à imprensa os novos investimentos realizados para garantir o bom desenvolvimento da GCM de Arujá na prevenção e combate a criminalidade.

O prefeito explicou que, depois renovar a frota da GCM com quatro veículos (dois elétricos alugados), aquisição de dois Renaut Duster, e duas motocicletas 0km; de renovar totalmente os uniformes e de propiciar treinamentos aos guardas, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Segurança, entrega novos armamentos e munição aos GCMs. São pistolas automáticas e espingardas calibre 12, bem como coletes a prova de bala para garantir que os guardas possam desenvolver suas funções dentro da realidade que os fatos do cotidiano exigem destes servidores públicos.

Na entrevista ao Jornal da Cidade, o prefeito lembrou que, por ser profissional da área de medicina, logo após sua posse, foi indagado se sua prioridade seria a área de saúde. Respondeu que sua prioridade seria o município como um todo e que vem provando isso com o passar do tempo. Destacou que o serviço público tem seu trâmite legal e muitas burocracias e, no decorrer do mandato, entre as várias iniciativas que teve foi criar a Secretaria Municipal de Segurança Pública (Projeto original capitaneado pelos vereadores: Castelo Alemão, Reynaldinho e Julio do KaiKan) onde os trabalhos foram sendo aprimorados. Ponderou que após a nomeação do advogado e professor de direito, Carlos Roberto Vissechi, muitas novidades surgiram neste setor para garantir melhorias na carreira dos GCMs e multiplicar o atendimento à comunidade, fato que vem garantindo a sensação de mais segurança aos munícipes.   

Neste sentido ainda falou sobre o stand de tiro virtual que foi montado na sede da Guarda para que os servidores possam fazer seus treinamentos (Emenda Impositiva do então vereador Luiz Fernando), falou sobre a readequação do monitoramento eletrônico feito pelas câmaras já em funcionamento na cidade, (Emenda da vereadora Ana Cristina Poli) e destacou a instalação de 22 câmeras de monitoramento de última geração, as quais estão associadas ao Sistema Detecta da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, para fiscalizar os veículos que entram e saem do município, armazenando  as imagens para, em caso de necessidade, lastrear os veículos que acessaram o município e trazer esclarecimentos em caso de furtos e roubos ocorridos na cidade. Frisou que houve precipitação de pessoas nas redes sociais, alardeando que estavam sendo instalados mais radares para fazer multas de trânsito na cidade, quando, na realidade, eram câmeras do Projeto “Muralha Eletrônica” para averiguação de veículos que possam se envolver em atos criminosos dentro do município.

Ao falar sobre a “Muralha Eletrônica”, o prefeito lembrou que o Projeto visa dar retaguarda de segurança à toda cidade, porém, destacou a questão do comércio e bancos no centro e os bairros que são mais vulneráveis, a exemplo daqueles que ficam mais próximo das rotas de fuga dos meliantes como os que estão às margens da Via Dutra, da Avenida Adília Borbosa Neves, Avenida Renova,  Avenida Mario Covas, Estrada Arujá/Itaquá/Santa Isabel.

Destacou ainda que  Arujá é a terceira cidade do Estado a contar com esta parceria com a secretaria de estado. As outras duas são Ribeirão Preto e Guararema.

Outro fato lembrado pelo prefeito é a contratação de mais 11 guardas que estarão sendo incorporados ao grupo brevemente, e ainda outros sete que devem ser contratados ainda no primeiro semestre deste ano para dar celeridade ao trabalho de rondas, monitoramento e atendimento de chamadas da sociedade.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes