05/10/2019

Acusado de assaltar e matar motorista em Suzano, trio preso em Arujá iria promover outros roubos na cidade

Acusados de assaltar e assassinar o motorista de aplicativo Osmar de Souza Prado, em Suzano, os jovens Isaías da Silva Santos, 18, Ana Karoline Martins Rechinski, 21, e Jonatas Alves Rodrigues, 18, presos na noite da última segunda-feira (30) em Arujá, tinham a intenção de praticar outros crimes na cidade, segundo informações da polícia de Mogi das Cruzes, que investiga o caso. 
Segundo o delegado Rubens José Angelo, apesar da coincidência das duas vítimas serem motoristas de aplicativo, o trio tinha como foco roubar e vender carros, mas não especificamente os utilizados nesse tipo de transporte. Os acusados residiam em Mogi das Cruzes.

Prisão
O trio acusado foi preso em Arujá por equipes da Polícia Militar de Arujá e Santa Isabel, após uma perseguição pela Rodovia Presidente Dutra. Eles estavam com um veículo roubado da segunda vítima, que reconheceu os suspeitos. A vítima ainda informou à polícia que acreditava que a mesma quadrilha tinha roubado e matado Osmar, também em Suzano no domingo.
Um radar na Rodovia Mogi-Dutra detectou que o veículo que dois homens e uma mulher estavam era roubado. Uma equipe da PM patrulhava próximo recebeu a informação e no deslocamento para o local deparou com o referido veículo, onde na tentativa de abordagem, os infratores desobedeceram ordem de parada e empreenderam fuga. Houve então uma perseguição e os policiais fizeram um bloqueio já na Rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro. Assim, os suspeitos foram obrigados a parar. Durante revista, os policiais informaram que encontraram um revólver na cintura de um dos jovens, com Ana Karoline um réplica de arma na cintura e, segundo os policiais, havia seis munições intactas em seu sutiã.
Já com o motorista, também de 18 anos, nada ilegal foi encontrado. Os policiais relataram que encontraram ainda mais munições embaixo do tapete do passageiro do carro, além de R$ 25,00 e um celular no banco traseiro. De acordo com a ocorrência registrada em Arujá, o trio confessou o roubo do carro em Suzano e os suspeitos afirmaram que estavam em Arujá para fazer roubos. Segundo a polícia, Isaías e Ana Karoline contaram que rendiam as vítimas e dirigiam o carro roubado. Já Jonatas, tinha a função de revistar e pegar os objetos das vítimas.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes