11/09/2019

Lions Clube de Arujá promove ato cívico para comemorar a Independência do Brasil

Mantendo as suas tradições, o Lions Clube de Arujá realizou um ato cívico na manhã do último dia 7 de setembro para comemorar o Dia da Independência do Brasil. O evento aconteceu na sede social do clube de serviços, localizado na Rua São Paulo, 110, no Jardim Planalto. Além dos membros do Lions arujaense, também compareceram alguns convidados como, por exemplo, Maria Luzia Bortone Salles Couto. O presidente do Lions Luiz Fernando Borges Mello lamentou, em seu discurso, a ausência de representantes do Poder Executivo local.
Obedecendo um protocolo, formou-se primeiramente a mesa de trabalhos e logo em seguida a entrada dos pavilhões, ato este que antecedeu a execução do Hino Nacional Brasileiro e Hino da Independência do Brasil. Posteriormente o presidente Luiz Fernando usou o microfone para se expressar a respeito daquela comemoração.
“Acordamos cedo por uma causa nobre, hoje é um dia especial, de paramos para pensar e refletir. Nos Estados Unidos se morre pelo País, aqui no Brasil aconteceria isso? Não”, respondeu à sua própria pergunta. Seguiu com seu discurso lembrando que “sinto saudades da matéria Organização Moral e Cívica, quando se idolatrava o Brasil. Por incrível que pareça, um dos meus filhos me disse ontem (6) que não sabia o que era o Hino Nacional Brasileiro, por isso fiz questão de trazê-lo aqui hoje, pois disse que iríamos cantar o Hino”. E por fim ressaltou que “o Dia 7 de Setembro sempre será comemorado pelo Lions Clube de Arujá. O evento de hoje pode parecer pequeno, mas não é. É um evento que sempre me emociona muito”, concluiu.
Ana Cristina Poli também deixou uma mensagem. Na condição de membro do Lions arujaense e sempre presente aos eventos ela destacou o sentimento de liberdade que se faz necessário na vida de cada um de nós. “Precisamos ser livres para tomar decisões sem a interferência de ninguém”. Disse essa frase em alusão à libertação do Brasil de Portugal, quando se deu a Independência oficial deste País. Concluiu elogiando as atitudes do clube de serviços que representa com tanto orgulho. “Promover o civismo é um trabalho fundamental desenvolvido pelo Lions Clube de Arujá”.
O companheiro leão José Longo Filho, que por sinal já presidiu o Lions de Arujá, proferiu algumas palavras. “Se o nosso governador do distrito estivesse aqui hoje certamente repetiria as palavras ditas pelo Luiz Fernando Mello e Ana Poli. Civismo sempre foi um dos princípios do Lions e cujo tema precisa ser passado de pai para filho. Precisamos ter amor à Pátria”, concluiu.
Após o encerramento do protocolo, todos os convidados puderam desfrutar de um farto e delicioso café da manhã.

 

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes