03/08/2019

APAE de SP apresenta projeto em defesa de deficientes intelectuais

O prefeito José Luiz Monteiro recebeu a proposta de implantação do projeto “Deficiência Intelectual, Cidadania e Prevenção à Violência”, apresentada nesta semana pelas articuladoras sociais da APAE de São Paulo, Ana Deise de Souza e Natalia Matos Bertoli.
As secretárias adjuntas das Secretarias Municipais de Saúde e Assistência Social, Patrícia Elias do Prado e Lucia Ribeiro, a presidente da APAE de Arujá, Sueli Perandin Arambul, conselheiras tutelares e representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) também estiveram presentes.
Em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos das Crianças e Adolescentes – CONDECA, o projeto prevê mobilizar e articular a rede de promoção, proteção, defesa e garantia dos direitos de pessoas com deficiência intelectual por meio de um curso de capacitação.
Com previsão de início para setembro, a formação pretende alcançar influências do Sistema de Garantia de Direitos, como profissionais de diversas áreas públicas, organizações sociais e outros serviços da rede do município.
“A APAE desenvolve um trabalho importante e estamos à disposição para ajudar no que for preciso, para que todos os cidadãos tenham seus direitos protegidos”, comentou o prefeito sobre a iniciativa.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes