05/10/2018

Arujá terá ação para identificar densidade de larvas do Aedes aegypti

Os agentes do Departamento de Controle de Vetores da Secretaria de Saúde de Arujá farão uma avaliação de densidade larvária do mosquito Aedes aegypti em todo o município, até o final deste mês.
A iniciativa é recomendada pelo Ministério da Saúde e a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) da Secretaria de Estado da Saúde. O objetivo é verificar o nível de infestação do mosquito responsável por transmitir febre amarela, dengue, chikungunya e zika vírus na cidade.
Futuras ações, planos e estratégias de combate ao mosquito serão desenvolvidos a partir do resultado deste trabalho. Isso permite, por exemplo, que a Vigilância em Saúde defina quais áreas devem receber prioridade ou que tipo de ação é apropriada para cada local do município.
Apesar de o diagnóstico ser um aliado importante para a Saúde, a eficácia do trabalho de prevenção e combate ao Aedes aegypti depende da contribuição dos moradores. Por isso, a orientação é que a população receba os agentes e permita o acesso dos profissionais aos quintais e residências. Todos podem ser identificados pelo crachá e o uniforme da Secretaria de Saúde, além do carro de som de apoio.
Outras informações pelo telefone 4655-2871.

 

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes