12/03/2016

VIVARUJÁ é alvo de furto: câmeras flagram o criminoso

Em uma ação criminosa aparentemente direcionada, a sede do Instituto VIVARUJÁ foi alvo de furto na madrugada de ontem (11). O imóvel, localizado na Rua Maranhão, 271, no Centro de Arujá, foi invadido pela janela lateral, que teve as grades de proteção danificadas. Foram levadas duas CPUs, que armazenam todos documentos e projetos do VIVARUJÁ, entidade criada com a finalidade de fomentar ações culturais, esportivas e sociais voltadas para a comunidade. 
O sistema de monitoramento por câmeras do local flagrou o criminoso no interior do imóvel por voltas das 2h50, e as imagens foram encaminhadas para a polícia.
Tendo em vista o envolvimento do fundador do instituto, doutor Luis Camargo, na política de Arujá, a ação levanta a suspeita de ter sido direcionada, uma vez que fica clara a intenção de não furtar objetos de valor. Os monitores e demais equipamentos de informática, por exemplo, foram preservados. 
Indignado, doutor Luis Camargo considerou o episódio "inaceitável": "Neste primeiro ano de existência do VIVARUJÁ, atendemos mais de 600 jovens em projetos e ações culturais, educativas e sociais. Ao furtarem nossas CPUs levaram o registro dos assistidos e a documentação dos projetos, importantes para a realização destas atividades, que ficam prejudicas, de certa forma. É inaceitável, um absurdo, que o instituto seja alvo de uma ação claramente direcionada".

 

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes