24/09/2019

Museu Umbelina Ferreira Barbosa é inaugurado com a exposição “Cidade Natureza”

A Prefeitura Municipal de Arujá através da sua Secretaria de Cultura e Turismo entregou oficialmente ao público arujaense o Museu Umbelina Ferreira de Sousa, localizado no n.º 15 da Rua Major Benjamim Franco, no Centro. A inauguração aconteceu na noite da última sexta-feira, 20, com a exposição “Cidade Natureza”, do fotógrafo Thiago Sapienza. Várias autoridades locais, familiares da homenageada entre outros convidados e a população de um modo geral participaram do evento que não só resgata, mas preserva a memória de Arujá.
Monica Gregório, neta de Dona Umbelina (que carinhosamente era conhecida como Dona Belinha) discursou em nome da família, que por sinal compareceu em grande número. “Quero primeiramente agradecer a presença de todos para esta homenagem e em especial a Dona Flora Larini que foi uma das idealizadoras deste projeto. Não posso deixar de agradecer também ao trabalho do historiador João Machado. Quero registrar que um povo sem memória é um povo sem história. Essa homenagem é um grande privilégio para a nossa família. Essa casa tem muita história, foi nela que minha avó e meu avô viveram por décadas”, lembrou.
O diretor-geral e responsável pela Pasta de Cultura e Turismo de Arujá, Joncy Silva, falou em seguida. “Hoje o sonho virou realidade. Esse museu é um local que dará continuidade à história de Arujá. Quero fazer um agradecimento especial ao Hassune (Hassin Ali Hammoud). Ele foi a pessoa que mais sonhou com este projeto e se desdobrou ao máximo para torná-lo realidade. Tenho certeza que seu nome também ficará para a história tamanha luta travada para que o museu nascesse”. Mais tarde Hassune também falou ao público e fez uma explicação geral e detalhada de como foi dado cada passo até que o museu virasse realidade.
Em nome do Legislativo arujaense falou seu presidente Reynaldo Gregório Junior, o Reynaldinho, que na oportunidade esteve acompanhado dos seus pares Ana Cristina Poli, Edvaldo de Oliveira Paula (Castelo Alemão), Edval Barbosa da Paz (Professor Edval), Paulo Henrique Maiolino (Paulinho Maiolino) e Edimar do Rosário (Edimar de Jesus). “Só entra para a história quem fez história. A Dona Belinha abraçava a gente, nos recebia muito bem, era sempre amável para com todos que frequentavam a sua casa. Eu cresci frequentando essa casa e essas lembranças me deixam muito emocionado”, concluiu com lágrimas nos olhos e a voz embargada.

Imortalizar a história de Arujá
Não menos emotivo foi o depoimento do prefeito de Arujá Dr. José Luiz Monteiro. “Se essa casa não tivesse se transformado neste museu certamente seria descaracterizada, poderia virar um comércio por exemplo. Mas graças a Deus que isso não aconteceu e hoje temos muito o que comemorar. Foi nesta rua (Major Benjamim Franco) que iniciei a minha história e trajetória profissional. Estou muito emocionado, pois vamos conseguir preservar a história da cidade neste museu. Esse espaço é para imortalizar a história de Arujá”, concluiu.
Vale ressaltar que grande parte do secretariado do prefeito José Luiz compareceu àquela inauguração. Também marcou presença a Dona Rubia Ferreira Lima, representante do Grupo Besni e que proferiu algumas palavras contando a história do Grupo e do seu fundador, o senhor João Behisnelian, que empresta seu nome para denominar o Salão de Exposições do museu.
Após o descerramento das placas que marcaram oficialmente a inauguração do Museu Umbelina Ferreira de Sousa e do Salão de Exposições João Behisnelian, todos puderam entrar, conferir e se encantar a exposição “Cidade Natureza” do fotógrafo Thiago Sapienza, ouvir música de boa qualidade e depois participar de um coquetel.
Este novo espaço cultural na cidade foi viabilizado pelo fato de o município de Arujá ter sido comtemplado pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC), com recursos do Grupo Besni E Tower Automotive e apoio destas empresas: Cozil, BJ Seg e Tintas São Miguel.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes