31/08/2019

Com investimentos de R$ 130 milhões, Aurora inaugura Centro de Distribuição em Arujá

Localizado na Avenida PL do Brasil, novo CD vai gerar cerca de 300 empregos diretos e 600 terceirizados

Para ampliar suas operações comerciais na região Sudeste do Brasil, a Cooperativa Central Aurora Alimentos inaugurou em Arujá na última terça-feira (27) o seu Centro de Distribuição (CD). Cerca de 500 pessoas compareceram à solenidade. Localizada na Avenida PL do Brasil, no Bairro Fazenda Velha, a estrutura começou a ser construída em 2017 e foi concluída em 2019. O empreendimento absorveu cerca de 130 milhões de reais em investimentos, gerou 300 empregos diretos e 600 terceirizados. 
A solenidade teve a presença do presidente Mário Lanznaster, do vice-presidente Neivor Canton, do diretor comercial Leomar Somensi, gerentes, autoridades e produtores rurais cooperativados.
No ato inaugural manifestaram-se o representante das empresas construtoras do empreendimento Ricardo Clementino Nunes; o gerente do Centro de Distribuição Vanduir Borscheid; o gerente corporativo de operações Celso Capellaro; o diretor comercial Leomar Somensi; o prefeito municipal de Arujá José Luiz Monteiro e o presidente da Aurora Alimentos, Mário Lanznaster.
As bençãos das novas instalações foram ministradas pelo padre Celso Lucas Silva e pelo apóstolo da Igreja Apostólica Livre Marco Antonio Contelli.
Na sequência, ocorreu o descerramento da placa e da fita inaugural, seguindo-se visita às instalações pelas autoridades, presidentes de cooperativas filiadas, dirigentes da Aurora, produtores rurais associados das cooperativas filiadas ao Sistema Aurora e demais convidados. Após o encerramento da visitação foi servido coquetel de confraternização.
O presidente Lanznaster destacou que a construção do CD Arujá foi estrategicamente planejada objetivando manter a qualidade dos produtos Aurora, atender aos novos volumes da demanda e melhorar ainda mais as condições operacionais e de trabalho dos colaboradores.
“A escolha por Arujá tem uma característica importante que é perto de uma perimetral e o trânsito nos favorece muito, porque do Sul vêm muitos caminhões grandes. Sem contar que aqui é um local maravilhoso, uma cidade que não é muito grande, mas oferece ótimas condições de trabalho, por isso a Aurora está aqui”, disse o presidente destacando que a unidade atenderá toda a Região Metropolitana de São Paulo e dará suporte às demais operações para o Sudeste. 
Já o prefeito de Arujá, José Luiz Monteiro, destacou a geração de emprego. “Numa crise dessa, numa crise de emprego no mundo, Arujá é agraciada com uma empresa desse porte, de renome mundial, que escolhe a cidade como mais uma prova de visão empresarial, pois o município favorece o trabalho deles de logística e destruição dos produtos”, disse Zé Luiz. 
O evento também foi prestigiado pelo representante da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP) Américo Utumi e pelo superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP/SP) Flávio Bersani. Também prestigiaram a solenidade o presidente da Câmara Municipal, vereador Reynaldo Gregório Junior, o Reynaldinho, os vereadores Edvaldo de Oliveira Paula, o Castelo Alemão, Abel Franco Larini, o Abelzinho, Cristiane Araújo Pedro, a  Cris do Barreto, Ana Poli, e os secretários: Assistência Social Maria Luzia Salles Couto, Meio Ambiente Ionara Fernandes, Planejamento Juvenal Penteado, Desenvolvimento Econômico Julio do Kaikan e Educação, Priscila da Silva Rosa Sidorco. 
A inauguração do Centro de Distribuição fez parte da programação iniciada em abril e que se estenderá até novembro para assinalar os 50 anos de fundação da Aurora e que incluiu, entre outros atos, outras duas inaugurações: a Unidade de Disseminação de Genes (UDG) e a ampliação da planta industrial de suínos FACH 1, ambas em Chapecó-SC.

Sobre a unidade
O Centro de Distribuição de Arujá ocupa um terreno com 191.542 metros quadrados de área superficial. A área total edificada é de 23.660 metros quadrados. O pátio de estacionamento e manobra de caminhões tem 13.800 metros quadrados.
A estrutura do Centro de Distribuição consiste de câmaras de armazenagem e distribuição refrigerada equipadas com 42 docas de carga e descarga. O pátio de manobras e estacionamento tem capacidade de 147 vagas para veículos de passeio, 140 vagas para veículos tipo VUC e VANs, 205 vagas para veículos tipo ¾ e, ainda, 105 vagas para veículos pesados e extrapesados, tais como truques, siders e carretas.
A grande capacidade instalada de armazenagem de congelados (7.036 posições), de resfriados (2.648 posições) e de armazenagem a seco (2.878 posições) permite o suprimento de 230 municípios, incluindo a Região Metropolitana de São Paulo e o litoral.
O CD recebe mensalmente 1.000 cargas de carretas, trazendo um volume de 25.000 toneladas de produtos acabados. Isso significa que diariamente chegam 40 carretas de produtos e, no contrafluxo, são expedidos 250 caminhões/dia de distribuição para atender mais de 25.000 clientes ativos da região. A previsão de faturamento operacional bruto é da ordem de 10 milhões de reais por dia.
A estrutura do Centro de Distribuição também inclui casa para conforto do motorista, posto de lavação de caminhões, duas balanças rodoviárias, vestiário para funcionários próprios e terceirizados.
Atualmente, a Aurora Alimentos mantém 4 centros de distribuição, 15 unidades armazenadoras nas plantas produtivas e 24 unidades armazenadoras juntas às unidades de venda.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes