10/12/2018

CORA ganha reestruturação do Galpão e veículo para cooperados

Contando com vários parceiros, entre eles a Meiwa Embalagens, a Prefeitura de Arujá entregou, dia 05 de dezembro, a reestruturação e reforma do Galpão da CORA (Cooperativa de Materiais Recicláveis de Arujá). Os procedimentos realizados garantirão maior eficiência na triagem do material que chega até o local, reduzindo o montante encaminhado para aterro sanitário. A agilização dos trabalhos irá possibilitar também a ampliação no volume de reciclagem e o consequente aumento de recursos financeiros aos homens e mulheres que desenvolvem suas funções nesta cooperativa.  
A parceria com a Meiwa, empresa que atua com padrão socialmente responsável, vem concedendo à CORA, em todo este período: apoio técnico, cesta básicas, treinamentos e palestras, além da concessão de equipamentos, a exemplo da uma máquina para reciclar EPS (isopor) e um conjunto de esteiras para separar materiais recicláveis. Em 2018, contando com apoio da secretária de Meio Ambiente, Ionara Fernandes, a parceria foi ampliada para que pudesse ser realizada a necessária reestruturação do galpão. Neste sentido, a Meiwa contratou uma empresa especializada para fazer a cobertura da parte externa, a abertura de uma porta lateral no galpão para que as empresas possam encostar caminhões e retirar os fardos dos recicláveis, trocou toda parte elétrica, adequando as instalações às necessidades dos equipamentos  existentes e fez a impermeabilização do piso externo. 
A parceria com a Meiwa conta ainda com outros parceiros, a exemplo da Proecologic e da Santa Luzia reciclagem de EPS. Estas empresas se encarregam de comprar e fazer a retirada de todo “isopor”  conquistado pela CORA, colocando no mercado produtos feitos com a reciclagem, entre eles, molduras, rodapés, piso para deck, etc..  
O evento contou também com a presença de outros parceiros da Cooperativa: Comitê de EPS Plastivida, Padaria Praça dos Pães, Renova, Via Art Comunicação, Officina de Imagens, Joselito Pintor, Pedreira Santa Isabel, Estúdio Brasil, os voluntários Silvio, Edson, José e Cris, a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat) e o Instituto Cata Sampa são outros parceiros.
“É uma conquista gigante porque são 10 anos em busca por melhoria constante. É algo muito importante para cada cooperado e sua própria história. Queremos aumentar o número de 40 toneladas mensais recebidas pela coleta seletiva na cidade e para o ano que vem retomar ações como capacitações, panfletagem, projetos ambientais em escola”, afirmou a presidente da CORA, Bruna Cavalcante.

Parcerias
“É um marco para a cidade porque estruturar o galpão e a triagem de forma que a cooperativa tenha maior capacidade de recebimento de resíduo, eficiência na triagem e qualidade no serviço é um dos pilares da coleta seletiva. E trata-se de uma conquista importante porque para isso nós contamos com apoiadores de diferentes nichos, que toparam atuar conosco para dar mais dignidade ao trabalho dos cooperados”, analisou a secretária de Meio Ambiente, Ionara Fernandes.
O prefeito José Luiz Monteiro ressaltou: “É preciso valorizar a atuação da Ionara, que teve a autonomia necessária para correr atrás de parceiros, trabalho que deu certo principalmente porque dará mais dignidade aos cooperados. Também é muito positivo ver empresas como a Pedreira Santa Isabel, que faz um extrativismo consciente e atua nos processos de recuperação ambiental, e a Meiwa, na pessoa do Ivan, que tem a sustentabilidade como uma missão não só em Arujá, mas outros municípios”, afirmou o chefe do Executivo.
O vice-prefeito, Márcio Oliveira, os secretários de Planejamento, Juvenal Penteado, Governo e Serviços, Leandro Larini, o diretor-geral da Prefeitura e responsável pela Secretaria de Cultura e Turismo, Joncy Silva, além da vereadora Ana Poli, compareceram no evento.

Veículo
A cerimônia foi marcada ainda pela entrega de uma Kombi, doada pela Ancat à CORA e que compõe o primeiro módulo de um projeto promovido na cooperativa arujaense.

Comente esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.


FOTOS


Guia de Anunciantes